terça-feira, 4 de novembro de 2008

Terror

Daí que depois de Ensaio sobre a cegueira peguei um outro livro pra ler. E que é ótemo, fora o fato dele me deixar cagandodemedo. Os piores pesadelos do autor devem ser os mesmos que os meus, impressionante como ele escreve exatamente o que vai me dar um cagaço a ponto de eu ter que fechar o livro e olhar pro horizonte. Dá tempo só de dizer "ai". Enfim, não posso ler de noite próximo da hora de dormir pq minha cabecinha não pára de pensar na história e o sono foge. De medo.

Eu sei eu sei que é tudo mentira, ficção blá blá, mas eu sou muito muito muito muito impressionada (não cagona, impressionada). Sempre fui. E me assusto facilmente, perguntem pro Thiagones. Toda semana é um susto. Mas entrem na minha cabeça e tentem não me julgar:

"Paula e Thiago moram felizes numa casa enorme de dois andares, com 3 cômodos grandes no andar de cima. Um deles fica fechado, deixando o corredor com piso de taco com um sinistro eco. Dessa forma, qualquer pessoa que sobe a escada é escutado, até mesmo as gatinhas, a não ser que outro barulho, como o do chuveiro, abafe.
Paula tomou banho com apenas uma fresta da porta aberta para o corredor. Como de costume, virou-se de costas para a porta para passar o hidratante. Eis que, ao virar lentamente o corpo para sair do banheiro se depara com um vulto branco inerte em pé junto à porta com os olhos negros arregalados. "

Fala se isso não é motivo pra ter um sustão? Thiago diz que só tava parado na porta esperando pra entrar...pode?

Enfim, in case you're wondering, o livro que eu estou lendo chama Estrada da Noite. E é docaralho.

2 comentários:

Thiago disse...

u só estava esperando para entrar.. Não quis te assustar...
Huahahahahaha.

Bruno Guima disse...

sua cagona!