terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Ano novo

Que delícia voltar à velha rotina depois desses dias insuportáveis de praia, sol, calor, piscina, caipirinha, cervejinha, sonecas e jogatina. Não estava aguentando mais.

RÁ, pegadinha do Malaaaaaaaaandro! Cê acha? Por mim passava o verão inteiro de maiô coçando com um copo de caipirinha na mão e bunda na água. Esse dia há de chegar, assim que eu ganhar na loteca (putaquepariu ganhei na loteca)

Mas enfim, esse ano novo passamos com o meu lado da família, cá pra nóis, muito mais divertido. Minha família adora comemorar o reveillon. Eles cantam, dançam e fazem coreografias com as musiquinhas de Natal. Vão todos ao mar meio breacos pular 7 ondinhas e coisas estranhas acontecem: minha prima pequena cantou parabéns e apagou as velas das oferendas na areia, minha tia pisou num batom vermelho da iemanjá e achou que era sangue...e esse ano minha outra tia perdeu a bombinha da bronquite pra Iemanjá, que se tinha asma agora já recebeu o tratamento como oferenda. Coisas da vida né minha gente.

Fiquei alguns dias mais no Guaru, peguei o rota vírus que quase me vira pelo avesso, mas que pelo menos me atacou só nos dias de chuva. Fora isso foi só alegria. Tive a chance de exercitar meu futuro lado mãe com minhas priminhas e ter a certeza de que ainda preciso de mais tempo para colocá-lo em prática. Em compensação, o Thi está mais pronto do que nunca.

É duro voltar mas estava com saudade da minha casa. Ainda estou colocando as coisas em ordem para que tudo comece no eixo certo, tanto profissional quanto pessoalmente. E bora ver o que o ano me reserva.

Um comentário:

Heloisa disse...

eeeee, vc voltou!!!!!